Skip to main content
young-learners-tefl-classroom-advice

Captação de alunos – 5 dicas para sua escola conseguir mais matrículas em 2017

 

O ano inicia ou o semestre muda e a correria para angariar matrículas novas e fechar as vagas existentes na instituição de ensino começa. Pensando nisso, reunimos 5 dicas essenciais para auxiliar sua instituição de ensino a captar mais alunos, conquistando o mercado em que está inserido e tendo a chance de participar da formação acadêmica de novos estudantes.

(mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
post-formacao

Formação continuada: Estratégia Formativa e Plano de Ação

 

No último texto falamos sobre os procedimentos necessários para desenvolver a formação continuada na escola, criando um programa que seja eficaz ao melhorar a atuação docente e o crescimento dos alunos. Se você ainda não leu, confira AQUI.

Mas antes de elaborar o programa, é necessário compreender o que são e como aplicar Estratégias Formativas, e como desenvolver um Plano de Ação para cada etapa da formação. (mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
post-formacao

8 Dicas para montar um programa de formação continuada eficaz

A escola tem o papel, além de formar seus alunos, promover o crescimento profissional dos seus docentes, munindo-os com ferramentas para enfrentarem as adversidades da sala de aula. E o responsável por essa promoção acaba sendo o coordenador pedagógico, que atua intermediando os objetivos da instituição com as dificuldades e necessidades dos professores, com o objetivo de melhorar o desenvolvimento das aulas e o desempenho dos alunos. São tarefas árduas e de muitas responsabilidades, que requerem muita atenção, disciplina e organização. Mas o que devemos considerar ao iniciar um Programa de Formação?

Separamos 8 itens que acreditamos serem importantes para incluir o ciclo contínuo de formação no cotidiano dos professores.

(mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
modelo-blog-post

Cyberbullying – como os professores devem lidar com o assunto na sala de aula

Dentre os problemas presentes em sala de aula, o cyberbullying – aquela variação digital do já conhecido bullying – tem tomado as escolas e se estendido para o mundo através do compartilhamento instantâneo.

Pode ser uma consequência de viver numa sociedade virtual, onde se mantém duas vidas, criando um paralelismo de caminhos distintos e permitindo a exposição pessoal através mundo. Ou pode ser apenas uma consequência da falta de consciência em grupo, que torna alunos em participantes ativos da violência através das redes sociais e aplicativos.

Independente do que ele seja, está muito presente na realidade escolar, fazendo com que o tema tenha de ser discutido entre a instituição e seus colaboradores, e também dentro de sala de aula. (mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Confira três características importantes para ser um bom professor

Imagem post 2

Com excesso de responsabilidades e atribuições, os professores contemporâneos lidam com o desafio de formar pessoas e profissionais. O ensino hoje não mais educa para apenas passar no vestibular e entrar em uma universidade, com aquele conteúdo programado para os alunos.

O ponto forte da educação da atualidade é conseguir formar o estudante para a vida. Por isso, ter inúmeros diplomas não faz do professor um bom profissional. Hoje, as exigências vão além da formação. Ele precisa saber lidar com as dificuldades do aluno, ter um bom relacionamento e ainda ser um grande líder dentro de sala de aula.

A Replay4me foi em busca de três grandes pontos que os bons professores devem levar em consideração na sua relação com o aluno.

(mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O impacto gerado pela Revolução Digital na sua escola e alunos.

Revolução Digital

Usando a internet e processando dados a todo instante durante nosso dia a dia, é difícil paramos para pensar ou refletir sobre como tudo começou, não é? Anos atrás, imaginar uma rede de computadores projetada para permitir a comunicação geral entre vários computadores parecia uma realidade distante. A internet como conhecemos hoje surge com o início do desenvolvimento das redes de comunicação. Criada em plena Guerra Fria, com objetivos militares, a rede foi pensada para objetivar a comunicação em caso de ataque inimigo. Entretanto apenas entre os anos setenta e oitenta esse conceito começa a ser colocado em prática também para fins acadêmicos. Estudantes e professores de universidades norte-americanas descobriam a variedade no uso dessa ferramenta através da troca de ideias e mensagens. Ainda bem!

(mais…)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn