Skip to main content

Saiba quem é o internauta brasileiro e como ele se comporta

 

Internauta Brasileiro

Se você tivesse a oportunidade de viajar no tempo e voltar ao ano de 1984, pouquíssimas pessoas acreditariam que em 20 anos um quarto da população brasileira acessaria a internet por mais de três horas diárias. Certamente eles responderiam: “Acessam o quê?”. No fim da década de 1990 a internet começou a se popularizar no país. Pouco menos de duas décadas se passaram e atualmente esta rede mundial se tornou o meio de comunicação que mais cresce no Brasil e no mundo. Com tantas pessoas conectadas diariamente a todo instante, você deve estar pensando: “O que tanta gente faz na internet durante tanto tempo?”

Continue lendo este post e saiba quem é o internauta brasileiro e como ele se comporta na rede.

Quem é o internauta Brasileiro?

Seja no ponto de ônibus, no supermercado ou até mesmo na academia, aonde quer que você vá, sempre existe alguém ligado no celular conferindo o Facebook ou algo do gênero. Para criar um panorama que pudesse identificar tais usuários, o IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) Media em parceria com a empresa Nielsen, realizou uma pesquisa que comprovou que 53% dos internautas brasileiros são homens enquanto as mulheres somam 47%. Ao contrário do gênero, que sofre pouca variação, a faixa etária dos internautas brasileiros é bastante flexível, veja abaixo:

  • 12 a 17 anos – 10,5%
  • 18 a 24 anos – 11,6%
  • 25 a 34 anos – 25,6%
  • 35 a 49 anos – 25,5%

Quando analisamos o perfil econômico de todos os internautas brasileiros, a grande maioria, 81,5% das pessoas persentes nas classes A e B acessa a internet. Na classe C, 53%, de sua população utilizam diariamente e 18% da classe D e E acessam todos os dias. Fica claro que o atual enriquecimento das camadas mais desfavorecidas da população contribuiu para a inclusão digital dos mesmos.

Onde vivem?

Em pesquisa realizada em 2013 pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), foi revelado que 40% das casas brasileiras já contam com acesso à internet. De acordo com a pesquisa, apesar de um pequeno abismo entre as regiões desenvolvidas e a região norte/nordeste, foi possível comprovar que o Sudeste permanece com a maior parcela de acesso do país, com 48%. Seguido pelo Sul com 47% e Centro-Oeste com 39% dos acessos. Enquanto isso, a região Norte somou 27% e o Nordeste com 21%.

O que consomem

Entre as atividades preferidas pelos brasileiros quando estão conectados, o Facebook continuou comprovando que apesar de ter alguns anos na estrada, continua firme na briga. Ocupando o primeiro lugar é seguido pelos portais Globo.com e G1. O Youtube aparece em quarto lugar geral, mas em segundo da lista de redes sociais utilizadas pelos internautas brasileiros. Twitter e Instagram aparecem respectivamente em décimo segundo e décimo terceiro lugares na lista.

Como consomem

Sobre dispositivos móveis, uma pesquisa realizada pela F/Nazca Saatchi & Saatchi, comprovou que 41 milhões de pessoas acessam a internet através do celular, e 3,8 milhões delas apenas pelo celular. O curioso sobre esta informação é que grande parte dos internautas acessa a internet pelo dispositivo móvel dentro de casa.

No total, mais de 67 milhões de pessoas acessam a internet em suas casas, quando questionadas sobre como acessam a internet no lar, o resultado foi o seguinte:

  • 62% Computador de mesa (Desktop)
  • 47% Laptop
  • 43% Celular
  • 10,5% Tablet

Apesar de a grande maioria ainda acessar pelo computador convencional, o crescimento do acesso via mobile mostra que o brasileiro acessa e consome informação através de mais de um dispositivo ao mesmo tempo.

O internauta brasileiro vem se mostrando cada vez mais tendencioso ao acesso via dispositivo móvel e também fica claro que a população que utiliza a internet diariamente continua crescendo ano a ano.

E você, utiliza qual dispositivo para acessar a internet? Quais sites costuma visitar mais?

Conte pra gente nos comentários!

 

 

Share on Facebook4Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *